Seguidores

quarta-feira, 30 de março de 2011

Le Parkour



Parkour, também conhecido como Le Parkour, é uma disciplina onde os praticantes - conhecidos como traceurs, ou traceuse, no feminino - usam seu corpo para passar obstáculo de uma forma rápida e fluente. No Parkour você aprende técnicas desde como subir um muro, até como pular de um lugar alto, porém o parkour NÃO É UM ESPORTE DE PULAR PRÉDIOS. Ele consiste em um homem correndo de alguém/algo e nenhum obstáculo pode pará-lo, mas, ele não é só isso, além de passar os obstáculos, você deve executar os movimentos da forma mais natural possível usando o obstáculo como se fosse parte do seu corpo. Vale a pena ressaltar que você treina o Parkour para você mesmo, você não faz movimentos para impressionar outras pessoas, até por que, isso pode resultar em sérias quedas.


Quais os riscos físicos?
O Parkour se torna uma disciplina que requer muita concentração e dedicação, devido ao fato de que uma pessoa pode sofrer sérios machucados caso execute uma técnica errôneamente. Certos movimentos necessitam de muita concentração e dedicação para serem executados, é preciso treiná-los antes, e quando o praticante adquire confiança no seu corpo e na sua mente, passa a executá-lo. Podemos pensar em um iniciante que tenta executar algo que está acima de seu domínio, neste caso, dependendo do risco do movimento, ele pode até morrer. É importante no Parkour ter objetivos principais, e mantê-los acima de sua aparência, afinal, o Parkour é uma luta contra você próprio, isso que torna o Parkour uma disciplina tão cativante.



Movimentos?
Movimentos ou técnicas é como se chama os modos de se passar por um obstaculo. Estes movimentos são muito variáveis, e é recomendável que o traceur treine a técnica básica do movimento para depois executar em uma run. A repetição é muito importante para evitar ferimentos, e o traceur deve ter consciência de quais são seus limites, de oque pode treinar. As vezes uma técnica ajuda a execução de outra.


Run?
O Run é a "alma do parkour". Nele você aprende como usar todas as técnicas que você aprendeu. O Run são dois pontos, A e B, você corre do ponto A ao B, atravessando todos os obstáculos que encontrar pela frente. Numa Run você aprende a ter maior visão de onde suas técnicas podem ser aplicadas. Imagine uma pessoa que treine as técnicas por anos, porém, nunca fez uma Run, e no momento, tenha que fugir de algo. Ela com certeza em certos momentos, vai ter de parar para pensar em oque executar para passar certo obstáculo, pois ela ainda não desenvolveu a habilidade de imaginar os movimentos. Esse é um dos motivos pelo qual uma Run é importante no Parkour, você treina técnicas e usa elas na Run, assim você pode passar obstáculos facilmente, rapidamente e naturalmente.



Como surgiu?
O Parkour surgiu na década de 80, na França. David Belle, usou inspirações no seu pai, um dos combatentes na Guerra do Vietnã, que usava alguma das técnicas do Parkour (que naquela época não possuia este nome) na guerra. David Belle então adptou essas técnicas e as batizou "Le Parkour" (O Percurso). Após isso, ele treinava a sua disciplina, e com muita dedicação e tempo, foi reunindo pessoas. Mais tarde, ele apareceu em várias reportagens na mídia, então o Parkour passou de desconhecido à uma disciplina praticada no mundo todo.


Existem competições?
Essa é a parte legal do parkour, NÃO EXISTEM COMPETIÇÕES, você apenas compete com você mesmo. O Parkour se baseia na superação de limites, depois de um bom tempo treinando, você consegue coisas que antes achava impossível. O Parkour também é a liberdade, você aprende a interagir com o ambiente, e você se torna livre. Duas frases que acho importante para completar este tópico:

"É como se seu corpo estivesse ficado sempre no piloto automático, aí você descobre pela primeira vez que é capaz de controlá-lo".

"É ridículo procurar liberdade e acabar em uma cadeira de rodas".



O que é preciso para treinar?
Outra coisa legal do Parkour é seu custo, não é necessário gastar dinheiro com acessórios caros. O que você precisa é de um bom par de tênis, uma calça e camiseta leves, e muita vontade de aprender. Mais tarde você até pode comprar um tênis mais sofisticado para melhorar sua performance, mas no início não é recomendado.

Uma pergunta freqüente entre iniciantes é sobre utilizar ou não luvas. Não é proibido, mas também não é recomendado, quando você esta com as mãos "nuas" você tem melhor controle dos seus movimentos. Vale mais a pena passar a fase de dor, e esperar suas mãos calejarem.

Outra detalhe é que o Parkour é uma disciplina totalmente independente de professores ou instrutores, o interessado deve procurar alguem que ja treine para conseguir algumas dicas, ou procurar dicas na internet.



Filosofia?
Sim, o Parkour não é só composto de movimentos. Por trás de cada movimento há uma filosofia de porque executá-los. O Parkour não foi feito para impressionar outras pessoas, ele foi feito por motivos de que cada traceur deve buscar o seu.

Acrobacias não são Parkour, fazem parte de outras atividades como o Circo Acrobático e a ginástica olímpica. Muitos praticantes de Parkour o fazem por conseguirem, mais sempre procuram fazer a distinção entre uma acrobacia qualquer e os elementos do parkour propriamente ditos. Existe esta diferenciação porque no parkour geralmente opta-se por aquilo que é mais eficiente ao inves do que é mais performático. Sempre supondo que a meta é se locomover da maneira mais eficiente e rápida possivel.



Como posso começar?
Antes de nada, você vai necessitar de um preparo físico, levando em consideração que seu corpo será muito exigido durante a pratica.

Outro detalhe importante: os alongamentos e o aquecimento antes do treino. Após faze-los, você pode treinar as técnicas que estão na nossa seção de tutoriais.

Para mais detalhes veja o tutorial de como começar.

Lembre-se, o parkour requer muita dedicação, e não tente fazer o que você não tem certeza que consegue. Segurança é mais importante que beleza.

Daqui:
OverMundo

Assista ao vídeo.



E aí, vai encarar??? rsrsrs




5 comentários:

Lau Milesi disse...

Bom Dia, Soninha!! Amei seu post!! Muito interessante. Eu já havia lido algo sobre o assunto. Vim atrás da menopausa, mas já encontrei um modo de driblá-la... praticarei o "Parkour". Traçarei um programa...:)Soninha, há dias em que temos tanta, mas tanta coisa a fazer que o "parkour" seria um meio poderoso e eficiente para se estar em mil lugares ao mesmo tempo,né não?
Um beijo e parabéns pela postagem!!!

Pepi disse...

Amigaa,
A minha coluna não vai gostar nadinha do Parkour...aff
Beijo no seu coração
Verena e Bichinhos

angela vasconcelos disse...

Querida sonia,eu acho lindo! As pessoas que praticam o parkour,parecem super herois,eu só consigo mesmo mexer as orelhas kkkk!

Brasigrega disse...

Infelizmente tudo o seu lado negativo. Imagina ladrões e bandidos praticando isto para assaltar sobrados, prédios, etc???
Ou então um bandido pode contratar os serviços desses jovens que pratica esse esporte!!!
Cruzes!!!

bjussssssss

Anne Lieri disse...

Tô fora!...rsss...essa coisa de homem aranha não é pra mim!Prefiro esportes aquaticos!Bjs,

Related Posts with Thumbnails

Clique na imagem e...